Quinta-feira, 31 de Março de 2005

As aventuras da Casa da Música.

casadamusica.jpg



Desde o já distante Porto 2001 que a cidade assiste tranquilamente ao tortuoso e polémico tempo durante o qual a Casa da Música foi ganhando forma.
O sonho foi imposto à cidade em 1999. A escolha do projecto arrancou de forma conturbada - na altura falou-se muito no descrédito dado à competência dos arquitectos portugueses. A sabedoria popular é céptica e diz que algo que começa torto previsivelmente acabará torto. Estava, então, traçado o azar na construção da casa da música. Críticas vindas de especialistas em acústica da Faculdade de Engenharia, de notáveis da Faculdade de Arquitectura, de pianistas famosos para com autarcas incompetentes tornaram-se, pois, o "pão nosso". Derrapagens orçamentais, esquecimentos de pisos de estacionamento, escolhas inadequadas de materias de construção, ... passaram! E a casa cresceu e tornou-se um palacete da música.
Quando em 2000 (ou terá sido em 99?!) assisti à apresentação do projecto para a casa da música vindo do holandês Rem Koolhaas não esperava que aquele brinquedo de cristal desse lugar ao palacete de dimensões austeras em que se tornou. Compreendo, pois, a dicotomia amor-ódio que desperta e os argumentos que de quando a quando surgem na imprensa. Quando se brinca com a arquitectura e se constrói obras inovadoras e singulares despertam-se ódios e amores.
Pois bem, o certo é que depois de tantas obras e tantas linhas sobre o assunto, a fome de bilhetes era muita e a correria para os bilhetes foi impressionante. (Atente-se na corrida aos ingressos para Lou Reed+Clã.)
Quanto a nós (portuenses que não alinharam na corrida aos bilhetes mas esperaram imenso tempo pelo dia em que a casa da música abrisse ao público): merecíamos mais do que um concerto oferecido à cidade, a ter lugar na Praça exterior à Casa da Música com Xutos e Pontapés e primeira parte dos Pluto. E, merecíamos mais porque não acho que este seja o alinhamento a oferecer à cidade mas um alinhamento jovem. Não é, certamente, um alinhamento para um concerto gratuito aberto a toda a cidade. De qualquer das formas, fica aqui a informação oficial. Ah!, e pessoalmente: agradeço a "borla".


escrito pelo Homem Fantasma às 18:20
link do post | comentar | ver comentários (1)
|

"E é tão bom uma amizade assim."


Ornatos_Violeta_Cao.jpg



"«Uma Amizade Assim» é o título do espectáculo que quatro dos cinco elementos dos ex-Ornatos Violeta, vão fazer no próximo dia 10 de Abril, pelas 18:00 horas, no Auditório do Teatro do Campo Alegre, no Porto."


escrito pelo Homem Fantasma às 16:38
link do post | comentar | ver comentários (2)
|
Terça-feira, 29 de Março de 2005

Roda dos alimentos.


Electronica_ConversorDC.bmp



Tomei o pequeno-almoço e fui estudar... Almocei e fui estudar... Jantei e não tenho vontade nenhuma de ir estudar.
Moral da história: o jantar é a refeição que mata a fome de conhecimento.</p>
A vontade de escrever é quase nula...

escrito pelo Homem Fantasma às 22:13
link do post | comentar | ver comentários (5)
|
Segunda-feira, 28 de Março de 2005

Sala de audição.

MariaJoao_MarioLaginha_Tralha.jpg



O último álbum de Maria João e Mário Laginha, "Tralha", anda recentemente a ser (re)visitado por mim. Ainda não sou capaz de formular opiniões objectivas mas sinto um todo ao ouvi-lo, uma linha consistente como se fosse obra de uma só mão... isso agrada-me, mas de qualquer das formas não saltou para a minha lista de favoritos (e duvido que isso venha a acontecer).
Porém, não hesito em afirmar que o "Undercovers" (penúltimo álbum desta dupla portuguesa) é o melhor album de cover's (e de tributo) que até hoje conheci.



fionaapple.JPG


A lei do mercado aplicada à música ditou que o novo álbum de Fiona Apple, "Extraordinary Machine", fosse disponível para o consumidor apenas via web. Recordo em 2001 o sucedido com os The Smashing Pumpkins na edição do "Machina 2: Friends and Enemies of Modern Music" e lamento ambos os casos.
No primeiro, ficamos privados de ter na habitual caixinha com o CD um bom álbum de Fiona Apple, álbum esse pautado por alguma inovação em relação aos anteriores e que recomendo vivamente a todos os apreciadores de música Pop Rock (e aos restantes já que não custa experimentar). No segundo caso, toda a celeuma entre os SP com a editora contribuíu para que se perdesse nas redes da web e da pirataria aquele que poderia ser um bonito ponto final na carreira de uma das melhores bandas rock dos anos 90 (um ponto final bem melhor que o fraco "Machina/The Machines of God").
Tencionava escrever bem mais sobre este assunto, quando há uns dias - pesquisando sobre o assunto - encontrei no site (que já era um blog antes da febre dos blogs ter em 2002 atingido Portugal) de um amigo, Pedro Côrte-Real, o texto de opinião que subscrevo inteiramente.


escrito pelo Homem Fantasma às 02:23
link do post | comentar
|
Domingo, 27 de Março de 2005

O (meu) cartaz das Noites da Queima 2005.


Queima das Fitas_2005.jpg



Pertenço ao grupo de pessoas que tem prazer em assistir aos concertos da Queima e pus-me a pensar em escrever o cartaz da queima das fitas ideal para mim. Um cartaz que me levasse todos os dias ao Queimódromo. O resultado foi este:

Dia 30 de Abril (Sábado):


- Gramp + / Stowaways...
ou qualquer outra banda amadora que revele alguma qualidade (serve perfeitamente o vencedor do Concurso da FAP);
- Jim Dungo. Está mais do que na altura dos Jim Dungo merecerem mostrar aquilo que valem. O sucesso do álbum "Almoçamos à meia-noite?" foi muito reduzido e é uma pena... Ouvi falar neles a primeira vez em 2001 (em conversa com o baterista Bruno Pedroso) e depois de bem amadurecidos, patrocinados e apadrinhados por Rui Veloso e Jorge Palma, foram na minha opinião a banda revelação de 2004;
- Zen, apresentando o seu mais recente álbum "Rules, Jewels, Fools".

Ficariam assim abertas as noites da Queima, naquilo que seriam 3/4 concertos relativamente rápidos e "baratos" para a organização (todas estas bandas somadas não custam um concerto dos Xutos, por exemplo).

Dia 1 de Maio (Domingo):


- Blasted Mechanism
. Apesar de não gostar reconheço que movem um grupo de fãs considerável e que os seus espectáculos são pautados por uma boa presença em palco. A somar a isto, os Blasted têm um novo álbum na manga: "Avatara";
-Sloppy Joe, para criar um ambiente dançável e bem disposto que permita aos que beberam demasiado abanarem-se ao ritmo intuitivo do quase-pop-reggae;
-Clã, por serem do Porto e serem a banda de pop português com melhor presença em palco. "Rosa Carne" ainda está fresco, afinal de contas, saiu há "pouco" tempo dos tops.

Dia 2 de Maio (Segunda):


-Pluto
, agarrando os fãs dos "velhinhos" Ornatos Violeta mas com uma presença bem menos agressiva. "Bom dia" soa responsável, estudado, maturo, diferente, pormenorizado, um tanto ou pouco inovador, contido... soa bem e agradará certamente à maioria;
-Jorge Palma. Agora que se aliou a um total profissionalismo e deixou o alcoól apetece descobrir como soará o "Norte" ao vivo. Acredito, piamente, que o brilho de Palma é o mesmo e a presença em palco será ainda melhor... Transporta em si a capacidade de inflamar qualquer plateia e terminar o espectáculo deixando todos a sorrir. As músicas de Palma cantam-se abraçado a amigos, sozinho no meio da plateia, aos beijos com a namorada... ou simplesmente com o olhar.

Dia 3 de Maio (Terça):


Neste dia tipicamente convidam-se, ao invés de músicos, artistas de variedades. Discordo que o façam. Gastam imenso dinheiro com músicos cujo "cachet" é insultuoso. Diz-se que como é o dia do cortejo a maioria dos estudantes universitários chega depois do concerto. Ora, pessoas que (tal como eu) não vão ao cortejo poderiam ser atraídas para o queimódromo com um cartaz menos apimbalhado.
-Quinteto Tati, aproveitando a ocasião de um concerto mais intimista (num queimódromo menos cheio) poderá ser realçada a verdadeira qualidade deste grupo musical. "Exílio" será o passaporte para uma viagem carregada de erotismo, humor e reflexões;
-The Gift, com a sua envolvência pop electrónica transportam os ouvintes para uma atmosfera dançável e melancólica. "Am-Fm" é a rádio que, previsivelmente, seria sintonizada.

Dia 4 de Maio (Quarta):


-Mão Morta
. Apesar de se sentirem pouco à vontade neste tipo de espaços, julgo que se deixassem o "Nus" (excepto o single "Gnoma") para outras alturas e nos desfilassem no tom bruto e triste de uma rapidinha o "Em directo (para a teelvisão)", "Cão da Morte", "Amesterdão (have big fun!)", "Anarquista duval", "Facas em Sangue", "Chabala", "Lisboa (por entre as sombras e o lixo)", "Penso que penso", "Budapeste (sempre a rock & rollar)... etc... este poderia ser um dos melhores concertos da Queima;
-Sérgio Godinho. Não gosto da actual banda (muito ao jeito pop que não cai nada bem a Godinho), mas o certo é que Sérgio Godinho & Os Assessores para a generalidade do público é uma máquina bem oleada e funcional da melhor faceta de Godinho. Ah, e entre estudantes universitários sabe sempre bem berrar a plenos pulmões: "Mas há quem ache graça à praxe"?!;

Dia 5 de Maio (Quinta):


-Pedro Abrunhosa
, apesar de já estar cansado de assistir a espectáculos do Abrunhosa reconheço que a velha fórmula do Mr. James Brown ainda funciona e o público aprecia o funk dançável dos Bandemónio. Pena o "Momento" já estar mais do que espremido e começar a tornar-se cansativo;
-Xutos & Pontapés, típico e obrigatório. Ao que parece, se de outra forma fosse, não seria Queima das Fitas.

Dia 6 de Maio (Sexta):


-Mesa
. É o dia em que a Queima se abre por completo à cidade. Assim sendo, nada melhor que uma banda amansada e que coloque os pais a cantar ao lado das seus filhos mais novos. Pessoalmente, acho que os Mesa são fraquinhos e o único concerto a que assisti deles não me deixou saudades. Quem sabe, tive azar?!...;
-Rui Veloso. Outro ícone cultural inter-geracional... Noutro dia passeei pela invicta ao som do álbum "Porto Côvo" e fiquei arrepiado.. Palavras para quê?!

Dia 7 de Maio (Sábado):


-GNR
, são imprevisíveis: tanto pode ser um excelente concerto como algo banal. Comemoraram um aniversário recentemente e a oportunidade para fazerem "Rock in Rio Douro" é, pois, a ideal;
-Gabriel, O Pensador. Não esqueço que um dos melhores concertos a que assisti na Queima foi mesmo de Gabriel. De excelente criatividade, com uma excelente banda, bem disposto e de presença em palco arrasadora... acredito que seria o fim perfeito para as Noites da Queima 2005.

Recordo alguns nomes como Da Weasel, os (ainda) recentes Toranja, Mafalda Veiga e tantos outros nomes que poderia desejar para concertos nessas noites.
No entanto, enquanto a fuga aos Toranja e aos Da Weasel foi propositada, no que diz respeito a outros nomes baseou-se, meramente, na minha opinião: o público deixaria os músicos sentirem-se desconfortáveis em cima do palco.
No entanto, seria fantástico poder arriscar uns TGB numa queima, ou uma Maria João & Mário Laginha. Por agora, fico satisfeito com cartazes completamente em Português. Outras "reivindicações" ficarão para a seguinte geração.
Relativamente ao verdadeiro cartaz das Noites da Queima: continuaremos todos à espera.

escrito pelo Homem Fantasma às 18:23
link do post | comentar | ver comentários (5)
|

Consumo mínimo obrigatório.


tertuliacastelense.JPG



Hoje, como havia referido, dirigi-me ao Tertúlia Castelense para assistir ao espectáculo dos Boite Zuleika. Pois bem, esperava (e semelhantemente ao que aconteceu com os Quinteto Tati) pagar o bilhete do espectáculo (usufruir deste serviço custaria-me €4 pelo concerto) e pagar o meu café.
Pois bem, entregaram-me o já famoso cartão de consumo com a típica nota de "Consumo Mínimo Obrigatório de €5"... nunca fui muito à bola com o "consumo mínimo obrigatório". É sabido que recuso-me a frequentar locais que me impõe um consumo mínimo. Aceito mais facilmente o consumo obrigatório visto que até poderia ser obrigado a consumir e até poderia consumir mais do que o tecto financeiro estipulado pela casa, no entanto, devo ser eu a decidir a quantidade que devo consumir e não o dono do local. Bom, mas nem disse nada, já que havia sido informado quando assisti ao concerto dos Quinteto Tati que "para os que assistirem ao espectáculo não existe consumo mínimo obrigatório pois já pagam o ingresso". Esperava, pois, que hoje acontecesse o mesmo.
Qual foi o meu espanto quando ao pagar o concerto (que acontece numa cave do Tertúlia e onde carimbam com um símbolo informativo o cartão das pessoas que assistiram ao concerto) me pedem €9... Solicitei um esclarecimento que veio prontamente num tom antipático que deveria ter consumido o mínimo obrigatório de €5 (apesar de apenas ter estado na cave a assistir às músicas com que os Boite Zuleika me brindaram) e a quantia acrescida - justa - de €4 pelo espectáculo. Paguei... apesar de desconfiar que o Tertúlia Castelense cumpra o Art. 205.º do Decreto n.º 61/70.

Tenho sido um frequentador assíduo do Tertúlia, principalmente à semana onde não confundem cliente com o mínimo de €5 por cabeça, mas irei deixar de o frequentar.
Já não bastavam os templos da noite (discotecas) que são verdadeiras máquinas de enriquecimento?!
Para gastar €9 para assistir a um concerto numa cave prefiro bem comprar um CD ou dirigir-me ao Rivoli, Teatro Sá da Bandeira, Coliseu do Porto ou a qualquer outra Sala de Espectáculos (com várias vantagens, entre as quais a pequena vantagem de poder guardar um bilhete como recordação... ao invés do que se passa no Tertúlia onde nem dinheiro gastam para "oferecer" um pequeno comprovativo aos clientes).
Se eu quero SÓ ver um concerto... fará algum sentido ser-me imposto que pague o que não consumi? Tem lógica ser tratado como dois clientes distintos e pagar por ambos (o cliente que frequentou durante toda a noite o bar e o cliente que assistou a um concerto)? Que pague um serviço que não solicitei? Se existe uma distinção de espaço físico entre aqueles que estão no bar e aqueles que frequentaram o espectáculo, qual é a dúvida?! Pessoalmente, não aceito atitudes cegas que visam apenas o lucro. Tenho pena... mas não há bolsa que aguente: não frequentarei mais os espectáculos do Tertúlia Castelense.

Pretendia partilhar a minha opinião quanto aos Boite Zuleika mas este episódio incomodou-me e perdi toda a vontade em fazê-lo. Quando eles lançarem o álbum fica prometido que escreverei umas linhas (melhor estruturadas).


escrito pelo Homem Fantasma às 05:31
link do post | comentar | ver comentários (2)
|
Sábado, 26 de Março de 2005

Paneleirices.

Homem Fantasma - Autocolante.jpg

E porque estou dado a uma faceta mais "pop" e a lamechices... apeteceu-me colocar aqui (após uma passagem no scanner) o autocolante que encontrei perdido entre fotos antigas.

escrito pelo Homem Fantasma às 20:35
link do post | comentar | ver comentários (1)
|

Música de entretenimento.

nealmorse.jpg

Quantas vezes me dá gosto sorrir ao som de uma música que não passa de uns acordes que soam bem, uma voz simpática e uma batida bem disposta.
Estava eu aqui a cantarolar esta música e lembrei-me de a colocar disponível. Quanto a Neal Morse há mais a dizer do que esta simples balada dançável e com traços marcantes de Pop... mas ficará para outra oportunidade. Para os que pretenderem conhecer melhor Neal Morse sugiro que comecem por TransAtlantic.
Quanto à música que estava a cantarolar, podem fazer download aqui!

escrito pelo Homem Fantasma às 19:39
link do post | comentar | ver comentários (1)
|

Diz-se por aí que...

... "À direita do PS, há um imenso vazio." António José Teixeira in Jornal de Notícias, 25-03-05

E que "A única oposição visível no Parlamento - e mesmo assim de uma delicadeza de opereta - foi a do PCP e do Bloco. O que deixa Sócrates com um problema preocupante: o de governar perante o vazio." Vicente Jorge Silva in Diário de Notícias, 25-03-05

escrito pelo Homem Fantasma às 18:43
link do post | comentar
|

Grandes, grandes são estas noites.

Fugido de casa ao som dos Dave Matthews Band, sentindo um vento frio na cara e olhando a chuva... até eu me sinto ressuscitado.

escrito pelo Homem Fantasma às 00:00
link do post | comentar
|
Sexta-feira, 25 de Março de 2005

Estive quase morto no deserto e o Porto aqui tão perto.

E o porto aqui tao perto.JPG



Ontem foi dia de expedições. Pela tarde visitei as gentes de Paredes de Coura e à noite assisti á procissão em Braga (tendo vindo ao Porto entre ambas as "visitas", por questões de logística).
Soube bem... sabe (quase) sempre! Gosto, isso basta-me como pretexto.
Com a moto que tanto desejo (que certamente terei) e uma pendura/motorista espero poder fazer várias viagens, turismo e percorrer muitos Km's do norte... do País... da Europa.
Sair, para ao retornar poder sentir o gostinho seco e doce que fica no estômago durante a travessia de uma das pontes ou ao avistar as urbanizações emparelhadas com o alcatrão escuro e húmido da VCI.


escrito pelo Homem Fantasma às 22:23
link do post | comentar
|
Quarta-feira, 23 de Março de 2005

Novas promessas... não custa muito experimentar.

Já no próximo Sábado, dia 26, os Boitezuleika visitam o Tertúlia Castelense. Acho que todos apenas conhecemos os Boitezuleika como os vencedores da Quinta dos Portugueses da Antena 3 e os tipos do anúncio da Antena 3... aquela do "Sou um cão muito mau" que costuma passar na Antena 3. Pois bem, o preço do bilhete é de € 3 e eles parecem-me ter alguma piada. Assim sendo, irei assistir ao concerto deles enquanto espero pelo álbum de estreia.


Boitezuleika.JPG


Vejo-vos por lá no Sábado?!

escrito pelo Homem Fantasma às 22:30
link do post | comentar | ver comentários (2)
|

Portanto, pelo "sim" à tourada judicial que qualquer mulher (criminosa por fazer um aborto) enfrenta...

escolhasdemarcelo.jpg

«Rebelo de Sousa admitiu fazer, "como cidadão", campanha pelo "não" no próximo referendo sobre a IVG»

escrito pelo Homem Fantasma às 20:37
link do post | comentar | ver comentários (1)
|
Terça-feira, 22 de Março de 2005

Ontem faria 45 anos...

ayrtonsenna.jpeg

Ayrton Senna.

escrito pelo Homem Fantasma às 23:13
link do post | comentar
|

Tantas vezes fui à guerra que só sei é guerrear, eu gostava um destes dias de ter tempo p'ra te amar.

Armas.jpg

Lamentavelmente, leio e ouço no rádio outro triste episódio passado do outro lado do atlântico.
Não sei se os motivos desta violência gratuita são a facilidade e a promiscuidade entre as armas e o núcleo familiar (fruto da facilidade em adquirir uma arma... apesar de ter ouvido que, neste caso, o avô era polícia), se a cultura de agressividade, arrogância no exercício do poder e de guerra constante que se vive nos E.U.A.. No entanto, sei que me desagrada profundamente e que me assusta.
Falta (re)pensar tanta coisa nos E.U.A. e na minha opinião a formação e os valores, que os jovens consomem na terra do Sr. Bush, têm alta prioridade.

Será que "Bowling for Columbine" de Michael Moore necessitava de uma "sequela"?!...

escrito pelo Homem Fantasma às 08:59
link do post | comentar | ver comentários (3)
|

Antes fosse...

inimigo_publico.jpeg

... inventado pelo Inimigo Público.

É o desejo com que fico ao deparar-me com notícias destas.

Dá-me alento saber que dê por onde der em Lisboa a câmara já só é deles mais 6 meses.

escrito pelo Homem Fantasma às 00:05
link do post | comentar
|
Segunda-feira, 21 de Março de 2005

Boas novas.

aborto.jpg

«No final do debate do programa do Governo, entregaremos um projecto de resolução para que se realize um referendo sobre interrupção voluntária da gravidez o mais rapidamente possível", declarou Alberto Martins.»

A apresentação do programa do Governo foi o que já conhecíamos da campanha eleitoral e as medidas apresentadas são as mesmas.. e ainda bem. Mas, na discussão ao programa e na cara do governo: falta garra. Ainda não é desta que me convencem.


Momentos altos hoje de manhã: ver o Paulo Portas sentado na bancada do CDS-PP e saber que em Setembro ele vai fazer umas férias para os E.U.A., deixa na minha face um sorriso de garoto.

escrito pelo Homem Fantasma às 15:28
link do post | comentar
|
Domingo, 20 de Março de 2005

"Galhardetes".

Um dos que "forneceu a génese que me deu forma" sugere que o meu blog se passe a chamar "Morcego" em vez de "O Homem Fantasma". O galhardete está escrito no seu blog Incoativo.

Pois bem, sosseguem aqueles que se preocupam com o meu fuso horário: apesar de viver em horários bem díspares dos horários de expediente da função pública julgo que a minha "produtividade" (quanto mais não seja: intelectual) é superior à de muitos defensores do "deitar cedo e cedo erguer". Guardo um sábio ensinamento do meu Pai: "Por vezes, meu filho, é preciso romper com a tradição!" (Será que estou a inventar?!).
E essa treta do "deitar cedo e cedo erguer" dá um sono terrível... e já que é para ficar com sono e é, antes deitar tarde e acordar cedo na mesma.
Esta foi legítima, não?!...

escrito pelo Homem Fantasma às 23:44
link do post | comentar | ver comentários (1)
|

Balada de um estranho, carente, pessimista, extrovertido, provocador e eternamente insatisfeito.

Homem Fantasma.JPG

É a minha banda sonora ... mas, notem que "isto é um canto... e não um lamento!"

escrito pelo Homem Fantasma às 18:29
link do post | comentar | ver comentários (1)
|

Tão banal quanto verdade: o tempo voa.

Não podia deixar de referenciar o sorriso com que fiquei ao ler a pequena notícia da autoria de uma amiga.
E pensar que esta jornalista ainda há poucos anos era minha colega de turma...

Parem de se tornar adultos!... até sinto a juventude escapar-me entre dedos.

escrito pelo Homem Fantasma às 05:16
link do post | comentar | ver comentários (1)
|

O corporativismo é de um descaramento...

"12 minutos para comprar 6 pílulas do dia seguinte"

A venda de produtos sem prescrição médica (e não só!) é tratada pelas Farmácias como um negócio... Assim sendo, continuo sem perceber quais os motivos "válidos e de saúde pública" que impedem a venda destes medicamentos fora de farmácias. Mas, talvez alguém me consiga explicar?!

escrito pelo Homem Fantasma às 04:51
link do post | comentar | ver comentários (2)
|
Sábado, 19 de Março de 2005

Nesta cidade...

... amanhã (20 de Março) pelas 21h30min. no Teatro Rivoli: Camané, Clã, Jorge Palma e Pedro Abrunhosa. O preço do ingresso (e por confirmar) é de € 15.
"O concerto acontece no contexto do encerramento da Audiência Portuguesa do Tribunal Mundial sobre o Iraque e foi hoje divulgado."

escrito pelo Homem Fantasma às 19:42
link do post | comentar
|

Com meninos como o Rui Sá e o Francisco Assis, esperavam o quê?!

logo_cmporto.gif

"O Bloco de Esquerda rejeitou ontem a possibilidade de uma aliança autárquica com o PS para a Câmara do Porto"

Vale a pena ler o artigo e perceber bem quais as razões. Desta vez concordo por completo com João Teixeira Lopes.

escrito pelo Homem Fantasma às 19:27
link do post | comentar
|

Ideia (quase) luminosa.

Ideia (quase) luminosa.jpg

Temos génio... e é mesmo aqui ao lado da invicta:
"Tenho uma proposta para, de imediato, criar 25 mil postos de trabalho e posso provar que isso é possível, porque já o desenvolvi num pequeno Portugal chamado Gaia, onde vivem 300 mil habitantes.", disse Luís Filipe Menezes num comício em Viseu.

escrito pelo Homem Fantasma às 18:55
link do post | comentar
|
Sexta-feira, 18 de Março de 2005

Só se for na comédia ou teatro de revista...

"O dr. Santana Lopes ainda tem muito para dar ao país.", diz Luís Filipe Menezes.

escrito pelo Homem Fantasma às 09:59
link do post | comentar | ver comentários (1)
|

Quase dava a mão à palmatória...

Credencial_Via Rapida.JPG

Chegado a casa há cerca de uma hora e descontando o tempo para tomar banho, lavar os dentes e beber água - acontecimentos indispensáveis após uma saída à discoteca - venho anunciar que hoje, por breves momentos, gostei de uma discoteca (e apenas por esta razão é que escrevo, de novo, sobre o Via Rápida).
Por volta das 24h30min. as portas abriram ao público e tanto o bar em que servi bebidas como todos os restantes, estavam ainda nos preparativos finais para a abertura. A noite estava calma, pouco fumo, temperatura agradável, chão limpo e todo o armazém Via Rápida parecia dotado de alguma higiene (para variar). A música não estava muito alta e arrancou com INXS e, logo de seguida, GNR... a noite prometia, pensei. Enquanto as pessoas iam entrando pacatamente naquele espaço tão badalado a atmosfera musical embarcou numa sonoridade de anos 80 a relembrar-me Joy Division (não conhecia as músicas mas gostei). Alto!, eis que se apodera da sala o som do funk dançável do Michael Jackson... aí sorri e até devo ter sido apanhado por alguém a mexer-me naquilo que poderia ser confundido com uma dança. Desejava que a noite ficasse assim: pouca gente, colunas debitando metade da sua potência e amplificando (por exemplo) pop-rock/funk/pop electrónico/... tudo, menos o que é costume ouvir-se em discotecas. Sou sincero: ideal seria deixar correr o CD de banda sonora do "Cidade de Deus" mas isso já era pedir muito, não?! Ainda cantei, com ares de adolescência tardia, Red Hot Chilli Peppers e Oasis...
... mas, foi sol de pouca dura e os Linkin Park deixaram antever que a minha sorte ia mudar.
A partir daí nada mais tenho a registar como francamente positivo. Foi uma noite banal de trabalho de barman no Via Rápida e mais uma daquelas noites que troco bem por uma noite de excelente conversa sentado no Pinguim.
O chão ficou pegajoso como de costume, a música foi tomada de assalto por ritmos e vocais altamente robotizados, os corpos ficaram todos suados e as tentativas de galar as mulheres iniciaram-se num ritual bacoco e mecanizado.
Bom, eu posso jurar que vi algumas raparigas cantarem em coro com o seu amor descartável: "Fácil... Esta noite estou tão fácil... Fácil... Sinto-me fácil!" (mas, talvez esteja a ser bruto e na verdade estavam mesmo a cantar a música de Palma: "Frágil".)

escrito pelo Homem Fantasma às 09:23
link do post | comentar
|
Quinta-feira, 17 de Março de 2005

Mudemos de assunto, sim?

Campolide.jpg

Sérgio Godinho gravou "Campolide" em 1979, estamos em 2005 e acho-o actual (quer musicalmente quer pelos assuntos que invoca em cada uma das letras).
Não sei se é o meu álbum favorito de Godinho (também gosto muito do "Pano Cru" e do "Tinta Permanente") mas sei que é o álbum dele que ouço mais vezes. É um daqueles álbuns que julgo serem obrigatórios em qualquer discoteca pessoal e é, na minha opinião, o melhor cartão de visita para introduzir Sérgio Godinho a quem quer que seja.
Apetece-me escrever sobre cada um dos temas, relembrar histórias ao som deste álbum, dar a minha opinião pessoal... fazer dele uma obra minha e dedicá-lo, mas ainda não tenho leitores tão fiéis para que os possa maçar com as minhas manias.
Fica então o recado muito sucinto e que se aplica a qualquer área (embora eu próprio esteja a pensar numa muito específica): "Cuidado com as imitações!".

escrito pelo Homem Fantasma às 20:35
link do post | comentar | ver comentários (2)
|

Se a maioria dos jovens deixasse de...

... escrever, propositadamente, com excesso de 'x' e 'k' tornando as frases um lugar caótico de letras: o mundo seria um espaço bem melhor.

... se clonar intelectualmente: eu teria mais facilidade em descobrir mulheres interessantes.


Não que eu seja intolerante e não respeite a diferença... apenas, gostava que existissem mais mulheres parecidas comigo.

escrito pelo Homem Fantasma às 02:33
link do post | comentar | ver comentários (3)
|

O Ranger do Texas.

bush_ranger do texas.jpg

"Eu penso que [a pena de morte] tem um efeito dissuasor sobre o crime", diz Bush.

escrito pelo Homem Fantasma às 01:38
link do post | comentar
|

Big Show Sic...

viarapida.jpg

... e com Macacos Adrianos a dançar em cima dos balcões dos bares.
Em suma, é o que sinto sempre que estou a trabalhar no "Via Rápida".

escrito pelo Homem Fantasma às 01:24
link do post | comentar | ver comentários (1)
|

Não sofra mais! Onde chegam os rebuçados do Dr. Bayard...

Rebucados.jpg

Para os míopes: trata-se de um anúncio dos anos 80 a uns "rebuçados" vaginais. Neste anúncio é assegurado aos clientes femininos que os odores vaginais irão desaparecer durante 8 horas.
Só se trata de mais uma prova (de entre as múltiplas provas) que a estupidez dos americanos não é um fenómeno assim tão recente... afinal de contas, alguma higiene e qualquer sabonete faz o mesmo.

escrito pelo Homem Fantasma às 01:12
link do post | comentar
|

E porque não sou intolerante musicalmente...

Musicalidades_2.jpg

... também "O Homem Fantasma" dá espaço aos seguintes artistas de variedades:

Rodrigo Leal, Roberto Leal, Emanuel, Mónica Sintra, Ana Malhoa, José Malhoa, Heróis do Rock, Excesso, Santa Maria, Sexto Sentido, Pedro & Os Apóstolos, Império dos Sentados, Nelo Silva & Cristiana, Delfins, Pólo Norte, Quinta do Bill, Marco Paulo, Sitiados, Broa de Mel, Miguel & André, Graciano Saga, Toy, Paulo Gonzo, Tony Carreira, Micaela, Romana, Quim Barreiros, Sétimo Céu, Ágata, Super Teen, Divinus, Tentações, Santos & Pecadores, Non-stop, Antilook, Saúl, Diapasão, Marante, Mercúriocromos, Dino Meira, Iran Costa, Onda Choc, Valentino, Tayti, Padre Borga, Wanda Stuart, Coro da Rádio Renascença,
Dúo Ouro Negro, Nel Monteiro, Trio Odemira, Bonga, D'Arrasar, Anjos, Nuno Norte, DJ Pantaleão, DJ Fashion, Adiafa, Fúria do Açúcar, Nucha, Axel, Adelaide Ferreira, Super Buereré, Susana Félix, Ruth Marlene, Bat'n'avó e, não querendo deixar ninguém fora da lista.... Fingertips.

escrito pelo Homem Fantasma às 01:01
link do post | comentar
|
Quarta-feira, 16 de Março de 2005

Competição de Engenharia.

BEST_Porto.jpg

Hoje é dia da 3ª competição de Engenharia organizada pela associação de estudantes BEST a que pertenço. Dá-me a sensação que é o evento local que mais aprecio e tenho muito gozo por poder assistir e ajudar (muito pouco).
Mais informações poderão encontrar no site do BEST ou no
[Error: Irreparable invalid markup ('<a [...] title"feup">') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

<img alt="BEST_Porto.jpg" src="http://homemfantasma.blogs.sapo.pt/arquivo/BEST_Porto.jpg" width="453" height="267" border="0" /> <BR>
Hoje é dia da 3ª competição de Engenharia organizada pela associação de estudantes BEST a que pertenço. Dá-me a sensação que é o evento local que mais aprecio e tenho muito gozo por poder assistir e ajudar (muito pouco).
Mais informações poderão encontrar no <a title="BEST Porto" href="http://gnomo.fe.up.pt/~best/ec3.html">site do BEST</a> ou no <a title"FEUP" href="http://www.fe.up.pt/si/noticias_geral.ver_noticia?p_nr=4063">site da FEUP</a>.

escrito pelo Homem Fantasma às 10:31
link do post | comentar
|
Terça-feira, 15 de Março de 2005

Musicalidades.

jmbranco.gif

O último álbum de Zé Mário ("Resistir é vencer") foi, na minha opinião, um dos melhores (ou mesmo o melhor) álbum de 2004. Durante esta tarde, voltou a fazer-me excelente companhia...
Porque ainda tanta gente o desconhece, experimentem dar uma pequena vista de olhos aqui!.

escrito pelo Homem Fantasma às 18:02
link do post | comentar
|

Mais vale rico e com saúde do que pobre e doente...

aspirina.gif

O problema que se coloca à Associação Nacional das Farmácias é este: "Além das vendas, as farmácias perdem pela primeira vez uma parte simbólica do seu monopólio."
O problema dos aumento dos suicídios também não percebo: eu próprio tentei suicidar-me, recentemente, com um tubo de aspirinas. Fiquei muito mal, a espumar pela boca e tudo. Só que quando dei entrada no Hospital os médicos disseram que era comum estar a espumar pela boca... ao que parece as "aspirinas efervescentes" têm esse efeito.
Bom, o certo é que não morri... mas, fiquei sem dor de cabeça.

escrito pelo Homem Fantasma às 09:06
link do post | comentar | ver comentários (1)
|

Fantasia hormonal imatura.

Santana_Menino.jpg

Santana Lopes de guerreiro nada tem... mas, de menino não posso dizer o mesmo.
Previsivelmente, PSL voltou para a Câmara o que, pessoalmente, não me incomoda (apesar de me deixar um sentimento estranho quanto ao facto de a autarquia ser tomada por um derrotado). No entanto, todo o silêncio e circo mantido por Pedro assustou-me, é prova que a instabilidade e irresponsabilidade mantém-se. Ora, as trapalhadas irão manter-se e isso é preocupante para os lisboetas (e fonte de inspiração para cartoonistas e humoristas).
Compatriotas da capital: já falta pouco... "melhores dias virão".

escrito pelo Homem Fantasma às 08:52
link do post | comentar | ver comentários (1)
|
Domingo, 13 de Março de 2005

Uma noite para partilhar.

Bilhete Quinteto Tati.jpg

Numa cadência lenta, antítese dos cigarros e copos de vinho tinto consumidos com toda a sofreguidão por J.P. Simões, o concerto dos Quinteto Tati no Tertúlia Castelense decorreu esta noite.
O concerto começou com quase uma hora de atraso - como obriga o código deontológico dos músicos em Portugal - desculpas dadas e aceites pelo público eis que o som quente do tom de pop jazzístico dos Tati toma conta da sala preenchídissima (lotação esgotada).
Se no álbum os temas soam perfeitamente definidos e com uma excelente qualidade de produção, ao vivo as esperanças não saiem nada defraudadas: a qualidade e profissionalismo de todos os músicos é muito satisfatória. Por outro lado, apesar dos temas não puxarem a grande proximidade entre o quinteto e o público, a ponte entre o espectador e banda, e toda a interactividade, é feita através das histórias narradas (entre cada uma das músicas) pelo excelente humor de J. P. Simões.
"A flor da vida" é o meu tema favorito do álbum, ao vivo resultou lindamente e reafirmou-se como a minha preferida... até porque tive o "privilégio" de a ouvir por duas vezes (uma das quais no último encore).
A oportunidade para poder assistir a concertos intímos num ambiente tão familiar e informal é tão raro quanto as oportunidades para poder presenciar uma actuação dos Quinteto Tati. Por tudo isto e muito mais (que não consigo descrever por ser uma nulidade ao escrever críticas): valeu a pena os €7.5 investidos.
Aqueles que não acederam ao meu aviso (deixado neste blog no fim de Fevereiro) ou que não foram ao concerto por qualquer razão: fizeram mal. A digressão dos Quinteto Tati continuará por Portugal... entretanto e enquanto eles não voltam, experimentem ouvir o "Exílio" (que está a menos de €10 na, passando a publicidade gratuita, FNAC).
Consegui captar vários momentos deste concerto, pelo que deixo aqui ficar um cheirinho...
Quinteto Tati_Tertulia Castelense_HomemFantasma.JPG

escrito pelo Homem Fantasma às 04:37
link do post | comentar
|

Silêncio que se vai cantar o fado.

"Concorda com a despenalização do aborto?
Por formação, sou visceralmente contra o aborto, mas considerando os fenómenos da modernidade penso que pelo menos até à maioridade as jovens devem poder prevaricar.
Ou seja, interromper uma gravidez?
Sim, porque até aos 18 anos não têm maturidade para assumir essa responsabilidade...
Defende, então, a criação de outra excepção na lei?
Sim, até aos 18 anos temos que repensar a lei do aborto
E se a mulher tiver mais de 18 anos?
Se já é adulta tem que ser responsável por isso."


Infelizmente, não inventei este diálogo - ele existiu e está registado no DN.
Bem sei que soa maquiavélico da minha parte mas, a generosidade de Pedro Santana Lopes com o PPM só pode ter tido um objectivo: poder continuar a moer a cabeça aos portugueses com profundos disparates durante mais quatro anos.
Triste fado o nosso... aturar Nuno da Câmara Pereira com as suas imbecilidades de monarca-que-solta-"vivas!"-à-República, ultra-conservador e convencido.
Pensei que com o fim do "Guerreiro Menino" e o desaparecimento de Luís Delgado a comédia em Portugal ficaria mais pobre. No entanto, este Fadista promete boa galhofa.

escrito pelo Homem Fantasma às 03:47
link do post | comentar
|
Sábado, 12 de Março de 2005

Luís

luis delgado.bmp

«Pode ser um texto emocional, raro no meu estilo, mas quero, publicamente, que não existam dúvidas sou amigo de Luís Delgado, e serei sempre, em qualquer circunstância da sua vida pessoal, política ou profissional. Ele, como não podia deixar de ser, irá abandonar a administração da Agência Lusa, e fá-lo no momento certo, com a cabeça fria, e após a necessária reflexão pessoal, única, e em isolamento absoluto. Luís, digam o que disserem dele, e dos longos anos em que as suas crónicas e opiniões tomaram conta dos nossos jornais e televisões, fez o melhor que sabia e podia, e ao fazê-lo sabia que corria o enorme risco, quase impossível de ultrapassar, como se viu, de inverter uma situação de profundo desgaste e desilusão do eleitorado, com o PSD e PP, pelos anos de governação anteriores. Sei que por uma ou duas vezes percebeu que o esforço era inglório, e que queria pedir ao PR que convocasse eleições, e isso só enobreceu o seu carácter, capacidade de avaliação correcta da situação política, e um grande espírito de sacrifício. Luís Delgado, como tentativa de jornalista isento, fez o seu melhor, e como qualquer outro pseudo-jornalista, em longos anos, também cometeu erros, lapsos ou atrapalhações. E sei, finalmente, que teve o que não merecia, por parte dos leitores dos seus textos, e de uma série de figuras de todo o espectro político. Ele, como ninguém, sabia isso tudo, e para tudo estava preparado. Luís é novo, e uma vida à frente, e no jornalismo, naturalmente. Ele não "morreu" politicamente, por muito que alguns o tenham desejado, mas assumiu a responsabilidade de uma imprensa que estava ferida de morte, pela condução política e falta de transparência com os leitores, a partir de 2002. Delgado limitou-se a apanhar os "cacos", e tentar virar, sem nunca esperar que lhe cortassem as pernas. Agora provavelmente sai. E sai de cabeça erguida, dignamente, e com a certeza de que qualquer outro administrador da Agência Lusa, nas mesmas circunstâncias, sairia de uma forma mais trágica. O Diário Digital e Diário de Notícias não esquece nem atraiçoa. Eu sei que Luís Delgado regressará, quando o tempo disser.»

Deduzo que todos se recordem desta pérola do jornalismo de opinião em Portugal?

escrito pelo Homem Fantasma às 17:18
link do post | comentar
|
Sexta-feira, 11 de Março de 2005

Mas, por acaso andaremos a brincar aos deputados?...

"Nuno da Câmara Pereira, vestido de fato azul escuro, andou numa lufa-lufa desde o fim da manhã até meio da tarde, multiplicando-se em entrevistas. A estreia no hemiciclo do monárquico-fadista, talvez o novo deputado mais mediático desta legislatura, magnetizou todas as atenções dos «media». A sua gravata ostentava um gancho com brasão da Casa Real e na lapela pendia um alfinete com o símbolo da Ordem de São Miguel de Ala, «a primeira ordem militar fundada por Dom Afonso Henriques», explicou.
«Estou aqui por mérito próprio. Sonhei e consegui. O sonho já se arrasta desde miúdo. (...) A Assembleia da República já foram as cortes no tempo da monarquia... Mas sinto-me no pleno direito de aqui estar e não me sinto nada estranho.»


Eis aqui o objectivo da bonita história de amor entre o PPD-PSD e o PPM...

escrito pelo Homem Fantasma às 17:41
link do post | comentar
|

Recompensa-se quem o encontrar...

Paulo Portas_PP.jpg


O retrato de Paulo Portas já anda a correr as caixas de e-mail. Ao que parece o homem com sentido de estado, responsável e politicamente maturo desapareceu para dar lugar ao homem da figura. É estranho viver num país onde a diferença entre uma esquerda consistente e de confiança está apenas a um ponto percentual dos ditos "democratas-cristãos". Há imagens que valem mil palavras e agradeço ao Incoativo por me ter (re)lembrado desta "pérola" no debate a cinco (quatro!) na RTP1.

escrito pelo Homem Fantasma às 00:04
link do post | comentar
|
Quinta-feira, 10 de Março de 2005

O que os estudos nos dizem...

... é que os portugueses são noctívagos, viciados, domésticos incompetentes/mulheres machistas e fracos adeptos de métodos contraceptivos.

Porque deixei de beber café e deixei de fumar procurava um desporto (não motorizado) quando deparei com esta notícia:
[Error: Irreparable invalid markup ('<a [...] title"diário>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

<b>... é que os portugueses são noctívagos, viciados, domésticos incompetentes/mulheres machistas e fracos adeptos de métodos contraceptivos.</b><BR>
Porque deixei de beber café e deixei de fumar procurava um desporto (não motorizado) quando deparei com esta notícia: <a title"Diário Digital" href="http://diariodigital.sapo.pt/news.asp?section_id=13&id_news=162475">"Um em cada 20 portugueses, 5% da população nacional, sofre de dependência sexual. (...) O médico Jorge Cardoso, do Hospital Júlio de Matos e professor no Instituto de Ciências de Saúde do Sul explicou que no caso da vida sexual, «é complicado definir quando se passa do uso ao abuso e do abuso à dependência»"</a><BR>
Mais não digo... afinal de contas, os meus pais lêm este blog.

escrito pelo Homem Fantasma às 19:39
link do post | comentar | ver comentários (2)
|

Apetece-me acelerar...

Desafio Seat.JPG

O meu fascínio por objectos motorizados é enorme: carros e motociclos, entusiasmam-me e sinto-me um pateta feliz quando me dão a oportunidade de cheirar ou poder ver passar uma máquina de sonho.
Aderi, pois, ao Desafio Seat 2005 e tive a oportunidade de conduzir o recente Seat Ibiza Cupra (1.9 TDI - 160cv, o motor diesel mais potente da SEAT).
Longe de este SEAT ser uma máquina de sonho (principalmente, para mim que com 30 mil euros escolheria, sem dúvida nenhuma, o japonês Civic Type-R) gostei da experiência e achei a máquina bastante apelativa. Participei no desafio desprovido de qualquer competividade e fiz toda a prova pautado por um excelente humor e bastante tranquilidade, no entanto, fiquei satisfeito com a posição em que fiquei colocado...
Tenho mais para dizer relativamente ao Seat e relativamente à prova disputada no Kartódromo de Baltar, mas não quero maçar ninguém...
Venha daí outro desafio, mas sem carros amarelos (é que como podem ver na foto não me ficam nada bem).

escrito pelo Homem Fantasma às 19:06
link do post | comentar
|
Quarta-feira, 9 de Março de 2005

Espécie de Vampiros.

vampiro.jpg

Pois bem, para todos que criticam o meu fuso horário e me apelidam de morcego, vampiro e outras coisas menos simpáticas... aqui vai: "Os portugueses são o povo mais noctívago do planeta: apenas 25 por cento da população vai para a cama antes da meia-noite."

Espero é que os restantes portugueses que escolhem horas avançadas para deitar não o façam devido à grelha de programação da TVI.... antes ser-se um vampiro feio, vil e sem misericórdia.


Nota de extrema relevância - Se alguma das leitoras for semelhante à vampira da fotografia (que faleceu vítima de HIV) que me contacte com a maior brevidade possível. Assunto sério. Sou vampiro honesto, discreto e um verdadeiro cavalheiro (Digo "com licença" antes de ferrar o pescoço de alguém).... Deixem os vossos contactos e descrições na minha caixa de comentários.

Atenção, a nota apesar de estar no meu blog não tem que ver comigo... O pedido é para um amigo que eu conheço... e que gosta muito da mulher da fotografia... e... de mulheres assim... Mas, não sou eu... Que disparate, essa agora.

escrito pelo Homem Fantasma às 19:41
link do post | comentar | ver comentários (2)
|
Terça-feira, 8 de Março de 2005

"E disse Deus: Não é bom que o homem esteja só, far-lhe-ei uma auxiliar semelhante a ele" Génesis 2:18 [Bíblia]

tarefas domesticas.jpg

"Mais de 80% das mulheres portuguesas não procuram dividir igualmente as tarefas domésticas com o cônjuge e uma em cada cinco considera indesejável a igualdade em matéria profissional"

Pessoalmente, prefiro uma companheira a uma "auxiliar".
Mas, na minha opinião, as competências emocionais são, de longe, mais relevantes que as competências domésticas...

escrito pelo Homem Fantasma às 22:07
link do post | comentar | ver comentários (2)
|

Deixem trabalhar quem sabe...

"O PSD elogiou hoje a forma como foi conduzido o processo de formação do novo Governo e prometeu um período de tréguas nos ataques políticos ao Governo de José Sócrates."

escrito pelo Homem Fantasma às 08:48
link do post | comentar
|

Espero que não demorem a mandar, novidades na volta dos correios...

"Vários militantes do CDS-PP têm vindo, nos últimos dias, a apresentar a sua desfiliação do partido, devido à decisão da direcção dos populares de enviar o retrato de Freitas do Amaral, um dos fundadores do CDS, para a sede do PS, como forma de protesto por este fazer parte do próximo Governo socialista."

Tudo isto soa a uma desagradável novela misturada com um antigo êxito dos Rio Grande ("Postal dos Correios").

escrito pelo Homem Fantasma às 08:28
link do post | comentar
|
Segunda-feira, 7 de Março de 2005

Correio verde, azul ou normal?...

ctt.gif

A notícia premiada como a notícia do fim-de-semana:
"O secretário-geral do CDS-PP anunciou que vai enviar, por correio, o retrato de Freitas do Amaral que até agora se encontrava no Largo do Caldas para a sede do PS, depois do fundador do partido ter aceitado integrar o próximo Governo socialista."

Há cada uma... é isto o "sentido de estado do CDS-PP"?!

escrito pelo Homem Fantasma às 12:03
link do post | comentar
|
Domingo, 6 de Março de 2005

Primavera de Destroços.

Mao Morta.jpg

Ontem, acabei por (re)visitar Braga (a segunda vez este ano).
Apesar de Braga se ter tornado grande e cosmopolita continuo a gostar muito daquela cidade. Algo naquelas paredes transpira simpatia e acolhimento... e eu aprecio isso.
Procurei por Adolfo Luxúria Canibal no "Insólito Bar" mas ainda não foi desta que pude trocar umas palavras com ele... Entretanto, e porque hoje estou cansado, deixo aqui ficar um conto/canção do livro "Estilhaços" do Adolfo:

O DIVINO MARQUÊS
[Adolfo Luxúria Canibal / Mão Morta]

"Era uma vez, há muitos, muitos anos, um velho Marquês, a quem os seus pares chamavam divino, o Divino Marquês. Ora este Marquês, apesar de conhecido em todo reino pela violência com que afrontava a tirania moral do seu tempo, passeando um dia por Braga «a idólatra, o seu esplendor», ficou hospedado em casa da Sra. de Noronha e Vaz, uma burguesa beata e alcoviteira, mas para quem um Marquês, por mal afamado que fosse, oh oh... era sempre um Marquês!
A Sra. de Noronha e Vaz tinha uma filha, bela e prendada donzela na candura das suas dezoito primaveras, entregue aos cuidados espirituais da madre superiora do Convento das Carmelitas, a quem confiara uma educação casta e temente a Deus. No entanto, iludindo a confiança em si depositada, a madre superiora, iniciada ainda noviça nos prazeres da carne pelo Divino Marquês, há muito que vinha incutindo em Clotilde, assim se chamava a menina de Noronha e Vaz, os desejos mais desbragados. Foi pois sem surpresa, e até com bastante satisfação, que quando correu a notícia da presença do Divino na cidade, acolheu as súplicas da sua educanda para que tão nobre personagem lhe fosse apresentado. Ciente de que tal não desagradaria ao Marquês e orgulhosa dos ensinamentos ministrados a Clotilde, a madre superiora tratou de, sem mais delongas, lhes aprontar um encontro.
Entretanto, a Sra. de Noronha e Vaz, jubilante por albergar em seus domínios tão ilustre membro da aristocracia, iniciara preparativos para uma grande festa em sua honra que, a pretexto de o apresentar à sociedade bracarense, se revelava a ocasião propícia para ela própria se mostrar influente e bem relacionada. E ademais, não menosprezando a fama que sempre o acompanhava, o evento até podia proporcionar excelentes deixas à sua carente alcovitice. Foi pois assim, envolta nestes pensamentos e disposta a nada perder, que, chegado o dia da grande festa, se armou de todos os cuidados para discretamente, enquanto simulava instruções a dar aos criados, observar o galante Marquês e a forma despudorada como as convidadas, das mais insuspeitas, descobriam em qualquer futilidade motivo para dele se aproximarem e entabularem conversa.
Como as horas fossem passando e do comportamento dos presentes não emanasse alteração significativa, a Sra. de Noronha e Vaz, desalentada com um enredo tão pouco substancial, deixou-se tomar por intensa modorra, o que levou os convivas a despedirem-se e o Marquês a recolher aos seus aposentos. Alarmada com o que provocara, achou por bem apresentar imediatas desculpas do sucedido ao seu hóspede e, com esse fito, dirigiu-se apressadamente à ala norte do palácio, onde o aposentara por ser a mais afastada das serventias e a que melhor preservava a integridade das suas libações nocturnas. Qual não foi, porém, o seu espanto, quando chegada à antecâmara do Marquês, que julgava só, lhe pareceu ouvir o que juraria serem vozes femininas. Disposta a esclarecer a singular ocorrência, aproximou-se cautelosamente da porta e, juntando um olho ao orifício da fechadura, espreitou para o interior do quarto, não conseguindo abafar, quase de seguida, um grito de espanto. É que esparramada no leito do Divino, quase irreconhecível sem o costumeiro hábito a compor-lhe a silhueta, entreviu a madre superiora, entregue a práticas muito pouco consentâneas com a sua condição de amparo espiritual da cristandade.
- Quem vem lá? - perguntou a inocente voz de Clotilde. A Sra. de Noronha e Vaz, ainda mal refeita do que acabara de observar, ao ouvir a voz da sua amantíssima filha, teve um estremecimento e, lívida de desespero, tombou para dentro do quarto.
- Olha, olha: é a senhora minha mãe! - exclamou, jocosa, Clotilde - Vem certamente juntar-se a nós e connosco partilhar as terrenas delícias que de si tão arredadas têm andado - acrescentou, preversa, para os seus companheiros de alcova.
- Clotilde! Minha filha! Não posso crer no que os olhos me mostram! - murmurou, em estado de choque, a Sra. de Noronha e Vaz - Dizei-me, dizei-me que não é verdade! Que tudo não passa de um mal entendido, de uma torpe ilusão do mafarrico!
- Senhora minha mãe: pretendeis negar a realidade, como aliás sempre negásteis a vida, mas não o consentirei. Olhai! Olhai bem o que faço com este belo sexo que tanto gozo me dá! Vêde! Vêde bem, para que estas imagens jamais vos abandonem a retina! - atalhou desafiadoramente Clotilde. E, dizendo isto, sentou-se sobre o Marquês que a esperava de mastro garbosamente desfraldado.
- Não, não é verdade! Não reconheço em vós a minha Clotilde, que tão castamente eduquei, balbuciou em pranto a Sra. de Noronha e Vaz e, virando-se para a madre superiora - É a vós! É a vós que eu devo esta afronta de ver a minha inocente filha transformada na viciosa mais ordinária! Mas vós... vós haveis de ma pagar!
- Senhora minha mãe! - interveio, do seu poleiro, Clotilde. Estou a ver que aqui viésteis para nos tentar causar aflição. Sabei, no entanto, que não o conseguireis. E de castigo, pela ameaça que acabais de proferir, irei em vós executar aquilo que, há momentos, o Divino me contou: vou cozer-vos o sexo!
- Não, não... que horror! Não é possível! Gerei um monstro! Um monstro! A minha própria filha! - gritou, em pânico, a Sra. de Noronha e Vaz.
- Agarrem-na! - ordenou Clotilde."

Infelizmente, poucos são os que apreciam Mão Morta. Normalmente a abordagem que se faz aos Mão Morta não é a melhor... experimentem o "Primavera de Destroços" ou mesmo o, ainda recente, "Nus" e percam-se nos escritos de A. L. Canibal.

escrito pelo Homem Fantasma às 23:59
link do post | comentar | ver comentários (1)
|
Sábado, 5 de Março de 2005

Homem Fantástico (III).

FANTASPORTO.jpg

Previsivelmente, os dois filmes que tanto gostei foram premiados: "Old Boy" e "Nothing". Não sei se foi justo porque não vi outros filmes da competição... no entanto, apetece-me dizer disparates: "Gosto de escolher a dedo... e ir ver os filmes vencedores".

Hoje, o FANTASPORTO em co-produção com a RTP organizou um espectáculo multimédia na Praça D. João I e logo de seguida, a cerimónia de entrega dos prémios no Rivoli (pelas 21h30min e com a apresentação de Jorge Gabriel e Sónia Araújo). Tentarei assistir a tudo isto ao vivo... vamos a ver se ainda apanho bilhete... senão, vejo na RTP a partir das 21horas.

escrito pelo Homem Fantasma às 15:58
link do post | comentar | ver comentários (1)
|

Travelling Without Moving.

tiago monteiro.jpg

Tudo indica que irei voltar a vibrar com a Fórmula 1:
"Tiago Monteiro, que nunca terá pensado repartir a sétima linha da grelha provisória com o espanhol da Renault Fernando Alonso, tem muito boas hipóteses de escapar às três últimas linhas da grelha, pois atrás de si estão os dois Minardi, mais dois pilotos sem tempo na primeira sessão e os dois irmãos Schumacher estão muito longe. (...) A primeira corrida do Mundial de 2005 disputa-se a partir das 03:00 de domingo (hora de Lisboa) e consta de 58 voltas ao perímetro de 5.303 metros do circuito urbano de Melbourne."


escrito pelo Homem Fantasma às 15:16
link do post | comentar | ver comentários (1)
|

Amigos do... Pat Metheny Group.

Desde que cheguei a casa que pus-me a ouvir o Jazz dos Pat Metheny Group, com cheirinho a Blues. Lembrei-me de tentar saber um pouco mais destes resistentes no Jazz. Mas, também quis saber como foi a noite dos "Amigos do Coliseu do Porto"...
Assim, e cruzando toda a informação cheguei à boa nova que os Pat Metheny Group vão actuar no Coliseu do Porto no dia 25 de Junho, pelas 21h30min (e o preço dos bilhetes é entre €15 e €40).
Bom, calha em exames, o dinheiro não é elástico e cada vez é mais complicado arranjar companhia para este tipo de concertos. Mas, gostaria bastante e isso basta-me para reflectir no assunto. De qualquer das formas, fica a sugestão.

... Mas, o que me apetecia mesmo (re)ver ao vivo era: TGB.

escrito pelo Homem Fantasma às 05:31
link do post | comentar
|

Eis-me aqui... ainda sou quem era.

Inquerito Personalidade.JPG

Este e o teste em Political Compass eram dois testes que em adolescente fazia muitas vezes para passar o tempo. Lembrei-me de repetir hoje o Teste da Personalidade. Pois bem, já não o visitava há muito tempo mas julgo que mantém as mesmas características (por exemplo: visualização da compatibilidade com a personalidade de outros amigos que tenham feito o teste).
Quanto aos meus resultados, são os mesmos de outrora e estão exibidos na figura... [Julgo que dantes não me aparecia "introvertido"... Até porque não acho que o seja.]
Este não é único teste disponível em The Spark, portanto: explorem o site!

escrito pelo Homem Fantasma às 05:08
link do post | comentar | ver comentários (1)
|

Mentiras descaradas (e outras declarações de amor).

Inquerito Seducao.JPG

Descobri numa das minhas deambulações nocturnas (neste blog) este inquérito e, experimentei... Como podem ver pelo meu resultado: não é de fiar! ...
De qualquer das formas, fica aqui!

escrito pelo Homem Fantasma às 04:24
link do post | comentar
|

"Habituem-se"... é este o nosso XVII Governo Constitucional.

parlamento.jpg

Primeiro-ministro, José Sócrates.
Ministro de Estado e da Administração Interna, António Costa.
Ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros, Diogo Freitas do Amaral.
Ministro de Estado e das Finanças, Luís Campos Cunha.
Ministro da Defesa Nacional, Luís Amado.
Ministro da Economia e da Inovação, Manuel Pinho.
Ministro do Trabalho e da Solidariedade Social, Vieira da Silva.
Ministro da Justiça, Alberto Costa.
Ministro da Saúde, Correia de Campos.
Ministro da Agricultura, do Desenvolvimento Rural e das Pescas, Jaime Silva.
Ministro das Obras Públicas, Transportes e Comunicações, Mário Lino.
Ministro da Educação, Maria de Lurdes Rodrigues.
Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, José Mariano Gago.
Ministro da Presidência, Pedro Silva Pereira.
Ministro dos Assuntos Parlamentares, Augusto Santos Silva.
Ministra da Cultura, Isabel Pires de Lima.
Ministro do Ambiente, do Ordenamento do Território e do Desenvolvimento Regional, Francisco Nunes Correia.
Secretário de Estado da Presidência do Conselho de Ministros, Jorge Lacão.

Pois bem, ainda estou a digerir a notícia e as reacções dos líderes parlamentares quando ao olhar para o nosso "novo" governo me saltam à vista quatro nomes: António Costa, Freitas do Amaral, Augusto Santos Silva e Mariano Gago.
António Costa e Santos Silva são dois nomes que me despertam muita simpatia. Não tanta simpatia, mas alguma, desperta-me Mariano Gago. Quanto a Freitas do Amaral, como homem independente e maturo que se tem tornado, acredito na sua integridade e coerência que (se for mantida) honrará certamente a escolha de Sócrates. Pessoalmente, não me incomoda ter um Ministro dos Negócios Estrangeiros (que sendo de centro-direita) é publicamente contra a Guerra do Iraque... bem, pelo contrário.

Não era esta a equipa que esperava (onde anda, por exemplo: Vitorino, Constâncio e Jaime Gama?!) mas são os nomes com que Sócrates se propõe a mudar o País. Assim sendo e desejando uma mudança de raiz estarei cá para torcer positivamente pelo sucesso deste "governo de salvação nacional".

Porém, uma certeza pessoal tenho: este Governo poderá ser bom ou mau... No entanto será, indiscutivelmente, MELHOR que os dois últimos governos.
Bom, mas atenção: isso já não basta a nenhum dos Portugueses! Portanto, bom trabalho...

escrito pelo Homem Fantasma às 02:55
link do post | comentar
|
Sexta-feira, 4 de Março de 2005

Já reparou que Pedro Santana Lopes é um agarrado ao poder?

"Santana Lopes já avisou Carmona Rodrigues que está a pensar seriamente em assumir funções dia 14"

escrito pelo Homem Fantasma às 15:25
link do post | comentar
|

Homem Fantástico (II).

nothing.jpg

Ontem era imperdível a oportunidade de ver "Nothing", o último filme de Vincenzo Natali (2003).
Assim sendo, fui... e gostei bastante. Filme pautado pela boa disposição e pela confusão de conceitos como espaço. Quando tudo desaparece preparamo-nos para assistir a uma anulação de concreto e de tempo digna do "Cubo" mas, não! A cruzada das duas personagens pelo "Nada" é deliciosa e hilariante.
[Fica aqui o lembrete pessoal: tenho mesmo de ver o "Cypher".]
Quanto a hoje, e porque o FANTAS já se começa a despedir, irei ver "Rottweiller" de Brian Yuzna. Não é o meu género de filmes mas pensei: "Homem que é Homem vê filmes com «cenas eventualmente chocantes»" e, assim sendo, como sou um macho muito mau: vou. Não é bem esta a explicação para a minha ida mas a pressa dá-me para escrever disparates destes...

NOTA: Na quarta-feira fui à ante-estreia do novo filme com o Pierce Brosnan (algo como): "Golpe no Paraíso". ... Ainda bem que fui porque me ofereceram um convite, senão: teria sido dinheiro muito mal gasto.

escrito pelo Homem Fantasma às 14:04
link do post | comentar | ver comentários (1)
|
Quinta-feira, 3 de Março de 2005

Quando a cabeça do padre Nuno Serras Pereira não tem juízo...

Religiao.jpg

... D. José Policarpo tem de vir dizer: "Espero que todos percebam que aquela posição não é a posição oficial da Igreja"


Bom, assim sendo, continuem a cometer a loucura de ter sexo pelo (sei lá?!) prazer. Aproveitem enquanto a Igreja Católica não se (re)lembra de dizer que sexo é apenas para efeitos, meramente, reprodutivos...

escrito pelo Homem Fantasma às 16:54
link do post | comentar | ver comentários (5)
|

Era uma vez um cantor maldito.

Fausto.jpg

Todos sabem que as aparições de Fausto Bordalo Dias são tão raras quanto valiosas.
Qualquer oportunidade de ver o único cantor e autor de música popular portuguesa vivo é uma oportunidade de grande deleite musical e altamente recomendável pelos que já viveram isso.
Assim sendo, fiquem sabendo que a oportunidade surgirá:
27 de Maio no Centro Cultural de Belém
4 de Junho no Coliseu do Porto.


Mas, voltarei a lembrar... não vá alguém esquecer-se e dizer que eu não avisei.

escrito pelo Homem Fantasma às 12:13
link do post | comentar | ver comentários (2)
|

Preserve-se o direito à vida.

No seguimento do meu post anterior podemos ler que, pelos vistos, "uma em cada seis adolescentes faz sexo desprotegido".

Bom, conheço um Padre que deve estar satisfeito... afinal de contas, uma em cada seis adolescentes tem o bom senso de não "promover a morte de seres humanos inocentes".

escrito pelo Homem Fantasma às 00:19
link do post | comentar | ver comentários (1)
|
Quarta-feira, 2 de Março de 2005

Não dou, não dou... e não dou.

Porque a luta pelo Direito à Vida prossegue e porque sexo sem modernices tem muito mais piada e é mais aliciante, este Padre "está impedido de dar a sagrada comunhão eucarística a todos aqueles católicos que manifestamente têm perseverado em advogar, contribuir para, ou promover a morte de seres humanos inocentes".

Bom, é também sabido que "os sacerdotes podem recusar a comunhão" a todos os católicos relativamente aos quais têm conhecimento de que cometeram ou cometem um pecado grave , pelo que é melhor pensar duas vezes antes de pecar. Ou isso, ou não usar nenhum método de contracepção... "Não vá o diabo tecê-las". Sejamos claros: antes grávida mas comungada... do que não-grávida e não-comungada. (não é isto um provérbio conhecido de Frei Tomás?!)

escrito pelo Homem Fantasma às 19:24
link do post | comentar
|

"O grande derrotado é o pessimismo!"

"O indicador de confiança dos consumidores registou uma ligeira melhoria em Fevereiro, interrompendo o movimento descendente dos últimos meses, anunciou o Instituto Nacional de Estatística (INE)"

escrito pelo Homem Fantasma às 19:01
link do post | comentar
|

Onde estás?...

Bussola Politica Homem Fantasma.JPG

Nos tempos do "Political Compass" lembro-me perfeitamente como vibrava ao fazer este teste. Recordo que, de tempos a tempos, repetia o teste e por vezes lá mudava a resposta sobre uma determinada pergunta. Pensava eu: "isto não é incoerência... apenas, «mudam-se os tempos, mudam-se as vontades»".

(Re)descobri este teste no Público (está lá desde as eleições para secretário-geral do PS) e é semelhante ao "Political Compass", consistindo na sua tradução.

Toca a dar lá um salto e a "testarem-se"... Ficarei à espera das vossas coordenadas politico-ideológicas.

As minhas são: Esquerda / Direita: -9.00, Autoritarismo / Libertarianismo: -6.26, o que me coloca no ponto vermelho do 3º quadrante da Bússola Política (como podem ver na figura em cima).


Ah, quanto ao teste: está aqui!

escrito pelo Homem Fantasma às 16:19
link do post | comentar
|
Terça-feira, 1 de Março de 2005

É Prohibido Fumar.

Hoje foi a data agendada desde há muito tempo para deixar de fumar.
Irei sentir falta da "bengala", da pequena ajuda para os meus tiques nervosos, dos pequenos momentos de relaxe e de calma que o canudinho me ia proporcionando. Não sei como será na altura do pretexto para "ir fumar um cigarrinho" e assim, fazer uma pausa no estudo... Mas, viver preso a algo cujos malefícios para a saúde e, principalmente, para a carteira são tão elevados é, sem dúvida alguma, estúpido.
Não recorro a nada (pensos, pastilhas de nicotina... etc) para me ajudar nesta tarefa. Apenas, sei que tenho o pacto firmado com um amigo... e que ambos desejamos deixar de fumar. Com força de vontade, tudo se faz. Iremos, pois, conseguir!

escrito pelo Homem Fantasma às 19:32
link do post | comentar | ver comentários (2)
|

.autor

Cláudio Alves

.pesquisar

 

.Maio 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Das últimas linhas em que...

. «Muito mais vivo que mort...

. Fé semanal - crenças de t...

. Em obras, de novo.

. «Foi por causa da Rita qu...

. Das linhas em que me coso...

. «Fraternidade.»*

. «Fantasmas, somos todos.»...

. «Combate de Gigantes.» *

. «Comemorações».

.links

.som actual

PJ Harvey
Kamikaze

.links

.subscrever feeds