Segunda-feira, 4 de Julho de 2005

Para ti, Maria.

camane ao vivo.jpg


Há uns dias, enquanto via o DVD do concerto de Sérgio Godinho no Coliseu de Lisboa em 2004, fiquei apanhado por uma música que Camané - como convidado de Godinho, subiu ao palco para cantar.
A música, de seu nome "Ela tinha uma amiga", é daquelas músicas que consigo ouvir repetidamente e trauteá-la... como se a tivesse descoberto minutos antes.
Curioso como sou não descansei enquanto não descobri que a melodia era de José Mário Branco e a letra de Manuela de Freitas. Descobri até que um "vizinho" meu já a tinha citado.
Podem ouvir a versão original na voz de Camané e no site oficial.
[ Nota: O site não funciona em Mozilla Firefox. A música encontra-se em: "Português" >> "Multimedia" >> "Audio" >> "Ela tinha uma amiga". ]

«Ela tinha uma amiga chamada Maria
Que era quem me atendia quando eu telefonava
Ela tinha uma amiga chamada Maria
A quem ela dizia para dizer que não estava
E quando eu insistia, e não desligava
Era sempre a Maria
Que me mentia e me consolava
E perguntava o que é que eu lhe queria

Ela tinha uma amiga chamada Maria
Que nunca sabia por onde ela andava
Ela tinha uma amiga chamada Maria
De quem se servia quando me enganava
E quando eu lá ia, e não a encontrava
Era sempre a Maria
Que me dizia que ela não tardava
Que me jurava que ela voltaria

Quando eu ia buscá-la, e a gente saía
Era sempre a Maria que nos animava
Quando eu a convidava, e ela não queria
Era com a Maria que eu sempre dançava
E quando eu inventava uma melodia
Era sempre a Maria
Que me aplaudia, e ela não ligava
E eu ficava a cantar prá a Maria

No cinema, no escuro, quando eu a beijava
Ela empalidecia, a Maria corava
Ela não me ligava e adormecia
E era com a Maria
Que eu conversava
E que eu ficava quase até ser dia

Ela tinha uma amiga
chamada Maria
A quem ela dizia p'ra dizer que não estava
Até que outro dia ela me telefonou
E eu disse: Maria...
E eu disse: Maria!
E eu disse: "Maria, vai dizer que eu não estou!"»


escrito pelo Homem Fantasma às 22:01
link do post | comentar
|
3 comentários:
De Anónimo a 7 de Julho de 2005 às 17:52
Obrigado pela simpatia em atribuir os meus gostos musicais como irrepreensíveis. Obrigado também pelo comentário. Partilhamos essa paixão pelo "Só" permita-me que o diga. :) .. Quanto a fado, a conversa já não é a mesma. ;) Camané é como todos os fadistas deviam ser: mente aberta e voz talentosa. Os meus cumprimentos.Cláudio Alves
(http://homemfantasma.blogs.sapo.pt)
(mailto:claudio.alves@fe.up.pt)


De Anónimo a 7 de Julho de 2005 às 12:04
Os seus gostos musicias são irrepreensíveis. Essa música faz parte do CD "Pelo dia adentro"- (não sou eu a armarme em snob, é só pelo trocadilho que se segue) que eu ouço sem cessar noite afora. Já Carlos do Carmo que comprei ao mesmo tempo não foi entranhado com a mesma facilidade, velocidade... No universo português só um outro CD teve o mesmo ascendente sobre mim: "Só" J. Palma.
Manuela Queirós
(http://blogspot.com)
(mailto:farpasxxi@hotmail.com)


De Anónimo a 4 de Julho de 2005 às 23:04
Essa música é linda!=) Já ouvi por duas ou três vezes na Antena 3, recentemente até e gostei muito só que não sabia o nome da música...muito boa mesmo!=)

SimãoSimão
(http://omeio.blogspot.com)
(mailto:simaobelchior@gmail.com)


Comentar post

.autor

Cláudio Alves

.pesquisar

 

.Maio 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Das últimas linhas em que...

. «Muito mais vivo que mort...

. Fé semanal - crenças de t...

. Em obras, de novo.

. «Foi por causa da Rita qu...

. Das linhas em que me coso...

. «Fraternidade.»*

. «Fantasmas, somos todos.»...

. «Combate de Gigantes.» *

. «Comemorações».

.links

.som actual

PJ Harvey
Kamikaze

.links

.subscrever feeds