Sexta-feira, 15 de Abril de 2005

Imparcialidade... ou a minha parcialidade?!

Numa coisa o meu pai sempre teve razão: "é mais fácil criticar do que sujar as mãos".
É, pois, simples defender a limitação de mandatos dos autarcas (a dois ou três mandatos), difícil é tomar essa decisão e aguentar firmemente as investidas.
É também simples defender a extinção dos Hospitais S.A. e lutar contra os mais radicais do mercado e que acreditam, piamente, que a saúde é negócio (e que roiem-se por a Educação ainda não estar completamente tomada por esse espírito empresarial).
O referendo quanto ao Aborto e Constituição Europeia parecem bem encaminhados e tudo corre relativamente bem. Sei reconhecer quando a política é feita com moderação, entendimento, qualidade, em conversação, de forma recatada mas transparente q.b..

A verdade é que para já e nestas medidas estou satisfeito com este governo. Vejamos o comportamento nos próximos meses... nomeadamente, no que se refere ao código do trabalho, desemprego, finanças, etc.

Quanto ao PSD: bom, não quero manchar um post de imparcialidade e bom senso com piadinhas fáceis e de mau gosto... mas, a vontade é muita.


escrito pelo Homem Fantasma às 17:40
link do post | comentar
|
6 comentários:
De Anónimo a 17 de Abril de 2005 às 19:06
A força da ideologia está muitas vezes na coerência. E é mesmo por essa linha da coerência ideológica que me tento pautar. Tantas vezes meto o pé na poça e como o homem fantasma da música: eu sou (altamente) criticável. E não receio a crítica. Aliás, como podes ver: eu não apago comentários. Aceito-a (umas vezes melhor do que outras) e desde que sustentada servirá para mera reflexão pessoal. Não te zangues, portanto, por não estarmos de acordo em tudo. Os meus cumprimentos... boa semana e boas postas. :)Cláudio Alves
(http://homemfantasma.blogs.sapo.pt)
(mailto:claudio.alves@fe.up.pt)


De Anónimo a 17 de Abril de 2005 às 12:43
Como me conheces mal, e como eu fico feliz por me conheceres pessimamente mal... Mas já que estás numa de fundamentalista eu apenas te digo uma coisa: A questão da igualdade e da utopia é toda ela muito bonita e eu jovem já acreditei nela, até um dia em que me apercebi que o mundo em que vivia não era assim. Quanto tiveres uma pistola apontada à cabeça mais do que 2 minutos e vires toda a tua vida a passar-te à frente quero que me venhas dizer o que vale a tua vida!
Eu apenas te referi como sempre referiste em público, pela roupa que vestias e pelo teu estado de espírito que não hesitavas em revelar!
Quanto ao que te puseste para aí a dizer no comentário eu nem te vou responder para não me chatear a sério e perder a paciência, por isso ficamos assim ok? Eu fico na minha e tu ficas na tua.André Carita
(http://lie.blogs.sapo.pt)
(mailto:putomaravilhas@hotmail.com)


De Anónimo a 17 de Abril de 2005 às 04:38
Não entendo qual a tua surpresa, André. Afinal de contas, se bem li?, definiste-me assim (quando te perguntaram se eu era teu amigo ou familiar): "Não sou da família, nem do clã V.A., mas fui colega de carteira desse radicalista nato que se veste de forma representativa de uma morte simbólica". A nossa amizade terminou naquela discussão que tivemos numa aula de Português (estudávamos na altura Vergílio Ferreira), onde defendeste posições racistas, preconceituosas e de extrema violência (aquela discussão logo a seguir a teres sido assaltado na Rua de Stª Catarina, se bem te recordas?) no que dizia respeito ao policiamento e à segurança da população. De qualquer das formas, não consigo esquecer o André de olhar afável que conheci no início do 12º e por quem tinha bastante carinho... é esse André que vislumbrei quando após 3 anos me reencontraste na FNAC. Alguma dúvida? Não tenho qualquer problema em esclarecer-te.. De qualquer das formas, não acho que uma caixa de comentários seja o ideal para este assunto. Os meus cumprimentos.Cláudio Alves
(http://homemfantasma.blogs.sapo.pt)
(mailto:claudio.alves@fe.up.pt)


De Anónimo a 17 de Abril de 2005 às 01:01
é bom saber que afinal as amizades do 12º trataram-se apenas de um "velhinho" companheirismo de carteira... só não percebi então o porquê de tanto entusiasmo quando me viste na fnac passado quase 3 anos...André Carita
(http://lie.blogs.sapo.pt)
(mailto:putomaravilhas@hotmail.com)


De Anónimo a 16 de Abril de 2005 às 18:37
André, o Cavaco também teve maioria, no entanto...
Quanto à oposição, discordo da tua opinião: tem sido feita oposição e quando chegarmos às questões sindicais, não duvides, que até oposição vinda da esquerda surgirá!Cláudio Alves
(http://homemfantasma.blogs.sapo.pt)
(mailto:claudio.alves@fe.up.pt)


De Anónimo a 16 de Abril de 2005 às 03:12
Uma coisa também o meu pai tem sempre razão, "tudo é fácil quando tudo é permitido fazer, sem qualquer tipo de oposição"! Não quero fazer o papel de "ovelha negra" e nem desejo que este governo caia ao fim de dois anos. Mas com a maioria acho que se torna mais fácil tomar certo tipo de medidas. Ainda é muito cedo para falar Cláudio, mas espero sinceramente que as coisas se encaminhem no sentido de recuperar o rumo do País algo que já não acontece à mais de 10 anos. Onde o guterres deixou o país no "pântano" e o (pouco) durão nada conseguiu fazer para sair desse mesmo pântano. Há que ter esperança...André Carita
(http://lie.blogs.sapo.pt)
(mailto:putomaravilhas@hotmail.com)


Comentar post

.autor

Cláudio Alves

.pesquisar

 

.Maio 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


.posts recentes

. Das últimas linhas em que...

. «Muito mais vivo que mort...

. Fé semanal - crenças de t...

. Em obras, de novo.

. «Foi por causa da Rita qu...

. Das linhas em que me coso...

. «Fraternidade.»*

. «Fantasmas, somos todos.»...

. «Combate de Gigantes.» *

. «Comemorações».

.arquivos

. Maio 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

.links

.som actual

PJ Harvey
Kamikaze

.as minhas fotos

.subscrever feeds