Terça-feira, 22 de Março de 2005

Tantas vezes fui à guerra que só sei é guerrear, eu gostava um destes dias de ter tempo p'ra te amar.

Armas.jpg

Lamentavelmente, leio e ouço no rádio outro triste episódio passado do outro lado do atlântico.
Não sei se os motivos desta violência gratuita são a facilidade e a promiscuidade entre as armas e o núcleo familiar (fruto da facilidade em adquirir uma arma... apesar de ter ouvido que, neste caso, o avô era polícia), se a cultura de agressividade, arrogância no exercício do poder e de guerra constante que se vive nos E.U.A.. No entanto, sei que me desagrada profundamente e que me assusta.
Falta (re)pensar tanta coisa nos E.U.A. e na minha opinião a formação e os valores, que os jovens consomem na terra do Sr. Bush, têm alta prioridade.

Será que "Bowling for Columbine" de Michael Moore necessitava de uma "sequela"?!...

escrito pelo Homem Fantasma às 08:59
link do post
Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


.autor

Cláudio Alves

.pesquisar

 

.Maio 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Das últimas linhas em que...

. «Muito mais vivo que mort...

. Fé semanal - crenças de t...

. Em obras, de novo.

. «Foi por causa da Rita qu...

. Das linhas em que me coso...

. «Fraternidade.»*

. «Fantasmas, somos todos.»...

. «Combate de Gigantes.» *

. «Comemorações».

.links

.som actual

PJ Harvey
Kamikaze

.links

.subscrever feeds